sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

É Natal....



Os meus amigos, pelo menos aqueles que melhor me conhecem, sabem que para mim o Natal é apenas uma data no calendário, é um dia a mais na minha vida.
Não que eu queira esconder a magia da quadra ou descaracterizar todo o sortilégio das festas. Longe de mim tal ideia.
Respeito todos quantos vivem de forma tão intensa estas festividades, todos os olhos que brilham perante o presépio e a árvore de natal.
Eu sou solidário com as “minhas” crianças, compartilho com elas, vibro com elas, vivo a simplicidade com que acreditam no Pai Natal.
Como me lembro da minha sobrinha dizer:
-Tio, porque me mentiram, eu descobri que o Pai Natal não existe!
Na escola aprendemos as verdades da vida e perdemos tantas das nossas ingenuidades.
Tive dificuldade em explicar, mas consegui que ela se apercebesse que a descoberta do Pai Natal era a transição de meninos pequenos para meninos grandes.
Agora ela já sabe que para o irmão o Pai Natal ainda existe.
Sabe e sabe porque.
Não é por uma questão de agnosticismo, crença moral, ou por estar mal com o mundo. Nada disso. Eu sei que o Natal é um marco na vida das pessoas. È o dia em que todos mais se lembram de todos. È o dia em que a desgraça alheia entra mais facilmente dentro de nós. É a época em que somos, mais, solidários.
Não me julguem por não gostar do Natal.
Todos nós temos, sempre, uma razão para tudo.
Eu, também, tenho esse direito.

Para todos aqueles que me fazem felizes por compartilharem comigo este Blog, os meus desejos de um Natal fantástico e um Ano de 2009 repleto de coisas maravilhosas.

3 comentários:

Filipinha disse...

Um Santo e Feliz Natal para o Manuel.

Eu já vivi o Natal de forma mais entusiástica. Não sei ao certo porque se vai perdendo a magia mas eu tenho vindo a perder.

Um grande Beijinho e que 2009 lhe reserve tudo de bom.

AnaT disse...

E é tão bom acreditar no Pai na Natal... Um Felz Natal!

Ennoea disse...

Um Feliz e Santo Natal cheio de tudo o que mais desejar!
Beijinhos