sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

Rescaldo.............



Parece-me ver, ainda, ao longe, muito ao longe, num horizonte que se vai diluindo uma ligeira sombra avermelhada. É o Pai Natal que volta para a sua Lapónia.
Vai descansar das fadigas desta tão atribulada quadra.
Vai triste pois as coisas não correram tão bem como esperava.
Os problemas foram muitos. As coisas já não são o que eram.
A ASAE, sim a ASAE, confiscou uma considerável parte das prendas, pois considerou que muitas mercadorias eram contrafeitas. Onde se viu tal coisa. Todos sabem que o Papai Noel tem produção própria e está livre dessas coisas.
É esquisito pois sempre as transportou sem problemas.
A brigada fiscal também lhe criou obstáculos e, chegou mesmo, a apreender um trenó por falta de guia de transporte. Quem diria, obrigar o pobre Pai Natal a burocráticos actos administrativos.
É de mais! Esta gente perdeu o espírito natalício!
Depois ficamos admirados porque tantos ficaram sem receber presentes.
Como se vê ele não teve culpa. A culpa é do sistema.
O que vale é que um menino está a desabrochar.
Vai chegar não tarda. É o Ano Novo. Vem prazenteiro e cheio de genica. Nem sabe o que o espera, coitado!
Quando ele se aperceber da crise, do desemprego, da inflação, da corrupção, do défice e dessas coisas de que a televisão todos os dias nos fala, vai ficar desconcertado.
Esperemos que não desista e que como nós saiba resistir.
Que remédio!

1 comentário:

Filipinha disse...

"Tadinho" do Pai Natal... :(

Espero que o novo ano não se acanhe e que venha em GRANDE!!!!

Estou a precisar de um 2009 em grande!!