quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

Afinal ....



Todos nós, homens e mulheres, vivemos sempre na incerteza do que queremos, do que desejamos, do que será melhor ou pior para nós.
Vivemos amores com o pensamento em amores que não tivemos a coragem de viver. Sofremos paixões porque não somos, suficientemente, fortes para nos atirarmos de olhos fechados para o que desejamos.
Sentimos frustrações por que não temos coragem, porque temos medo de enfrentar o que, realmente, desejamos.
Pensamos muito, pensamos demais.
Deixamos fugir, muitas vezes, o que queremos e quando nos arrependemos é tarde.
Demasiado calculistas, falta-nos o espírito aventureiro.
Somos comodistas, temos medo.
Quantas vezes deixamos fugir o que pensamos ser uma ilusão e perdemos o ensejo de viver uma vida?

Isto não vem a propósito de nada, são apenas cogitações de quem nunca teve medo de avançar como o desejo e o coração mandavam.
Nunca me arrependi.

Afinal só temos uma existência, só temos esta oportunidade.
Se não aproveitamos......





2 comentários:

AnaT disse...

afinal... somos humanos... com todos os defeitos e qualidades que nos atribuíram... Mas parabéns a quem tem coragem de avançar!...

Filipinha disse...

Agora deprimi...

Por trás desta capa de coragem eu no fundo sou mais assim: "Vivemos amores com o pensamento em amores que não tivemos a coragem de viver"

Obrigada Manuel por estas palavras, adorei!