terça-feira, 10 de março de 2009

Um cão para Obama......



Que Arautos e trombetas se façam ouvir aos quatro ventos.
Que o som do orgulho nacional inche, de novo, impante de vaidade.
Que as noticias espalhem à desfilada a importância do acontecimento.
Que as televisões, rádios e jornais não se calem.
Que os tristes rostos dos portugueses se alegrem finalmente.
Que se esqueça a crise, a recessão, o desemprego e o défice.
Que Egas Moniz e Saramago se arrumem na gaveta do esquecimento.
Que Camões, Vasco da Gama, Mouzinho e Sacadura sejam notas do passado.
Que Eusébio, Figo, Mourinho e Ronaldo sejam destronados.



È triste mas um cão está a conseguir tudo isto.
Curvem-se ao novo rei.

3 comentários:

AnaT disse...

Ele realmente há cada coisa pra nos preocuparmos...

Filipinha disse...

ah ah ah ah!!!

Mas devo confessar que acho o máximo!! E eu já tive um cão de água, Sebastião, que hoje é de uma amiga, e ADORAVA o bicho!!

É que acho mesmo que foi uma boa escolha!! :)

Manuel disse...

Não ponho em duvida a escolha e nem sequer o cão, que eu adoro. O que me faz ficar triste é o empolamento mediático de uma simples escolha de uma mascote.