quinta-feira, 21 de maio de 2009

As nossas lágrimas.....



Quis limpar as lágrimas que lhe escorriam pelo rosto;

Tentei ser solidário na sua na dor e compartilhar seu desgosto;

Desejava abafar no meu peito os seus soluços tão cansados;

Dizer-lhe as palavras certas e poder sentir contra mim o seu choro abafado;

Queria que sentisse que eu estava ao seu lado e dizer-lhe que estaria sempre aqui;

As palavras não me saíram, ficaram bem fundo coladas a impotência de não saber o que dizer;

Nada fiz, não consegui, fiquei mudo, fiquei calado sofrendo triste ao seu lado;

Então chorei com ela sentindo as suas lágrimas molhando-me o rosto;

Foi a única maneira, tornei NOSSO o seu desgosto.

3 comentários:

Filipinha disse...

É assim mesmo Manuel.

Por vezes não existem palavras, basta que os outros sintam que estamos lá.

Beijinho

AnaT disse...

E alguém ao nosso lado, que nos dê a mão e nos ampare diz mais do que todas as palavras...

Ennoea disse...

Texto lindissímo, Manuel! Os verdadeiros amigos são assim mesmo, basta estarem ao nosso lado, mesmo em silêncio!
Um beijinho