terça-feira, 3 de maio de 2011

Os teus olhos





Quando teus olhos me olham
Não é fortuito o olhar,
Bem sei quanto me desejam
E tanto que me querem amar

Quando os teus olhos me olham
Da forma com tu fazes,
Eu sinto o que eles pensam
E de tudo que são capazes

Quando teus olhos me olham
Na voragem dos desejos,
Apenas os posso abafar
Com o calor dos meus beijos

Não sei se Deus o deseja
Se são as lágrimas qu’os molham,
Mas sinto seja o que seja
Quando os teus olhos me olham...





17 comentários:

Jacque disse...

Lindo poema..... e vídeo tb...

Beijo

QuarterST disse...

Oi, tudo bem ? *-* faz um favor? vota na @quarterock no PMMB? *-* ta explicado direitinho aqui http://migre.me/4qfDj (: bjs :*

Ana Odete disse...

Lindo.

Vivian disse...

Bom dia,Manuel!!

Belíssima poesia!!Ainda não conhecia este seu lado poeta!
Um simples olhar pode dizer muitas coisas...pode ser amor, desejo, encanto ou amizade...mas sempre dizem muito.Adorei a poesia.
**Obrigada pelos Parabéns!!Atrasado ou não me deixa muito contente!!
Que bom que gosta de livro:Meu pé de Laranja Lima!!!Li na adolescência e reli recentemente.me emocionei como da primeira vez, a diferença é que agora penso como mãe...e a emoção fica maior...Quero que meu filho leia,quando ficar um pouco mais velho.
Beijos pra ti!
Boa semana!

Kimbanda disse...

Estimado amigo Manuel.

Para além do trabalho e de outros afazeres a que a vida nos prende, felizmente se tem os amigos que pese embora à distância, partilham excelentes momentos de companhia com o que escrevem e fazem encurtar as distâncias pela sintonia do sentir.

Não sei fazer poesia, minimamente ensaio um conjunto de emoções e me vejo como um mero artesão.
Fico por isso mesmo sentindo como gostaria de assim explanar como Manuel o faz, por prosa e poesia, tão bem.

Os olhos dificilmente escondem o que nos vai por dentro.
Há quem os desvie, por saber que o que diz não se compatibiliza com a expressão de seu olhar.
Outros, bem-hajam pelo olhar... Olhos nos olhos e assim expressar a emoção que as palavras ditas não conseguem atingir. Transparência!

Kandando amigo Manuel, inté...

Laura disse...

Isto de olhos e de olhares tem sempre muito que se lhe diga!!!

Beijinho

SDaVeiga disse...

Além de óptimo contador de histórias és poeta!
Muito bom!
Que venham muitos mais, tanto poemas como olhares! :-)

Boa semana!

AFRICA EM POESIA disse...

Quando os teus olhos me olham
Belo
Beijinho para ti

AFRICA EM POESIA disse...

Quando os teus olhos me olham
Belo
Beijinho para ti

AFRICA EM POESIA disse...

Quando os teus olhos me olham
Belo
Beijinho para ti

Janita disse...

Olá Manuel.
Belo poema.
Os olhos são o espelho da alma.
Tudo o que sentimos transparece no nosso olhar.
Quantas vezes os olhos dizem aquilo que não conseguimos pronunciar!
Gostei muito.
Parabéns.
Bjo.

Janita

Vivian disse...

Olá,Manuel!!

Hoje vim lhe fazer um convite!Fiz um blog novo, onde vou colocar textos meus, e gostaria muito da sua presença. Se puderes me visita?
Obrigada.
*Quero exercitar a escrita...tenho tantas histórias e idéias que quero partilhar...
floresnojardimdavida.blogspot.com
Beijos!

Vivian disse...

Bom dia,Manuel!!

Vim agradecer a gentileza da visita
(sei que as vezes o tempo é curto) e do comentário no meu blog novo!
Obrigada!!
Tenho muito que aprender!Posso contar com suas dicas?
Tenha um ótimo dia!!

Ludmila Ferreira disse...

Nos teus olhos encontro o encanto do olhar, minha vida criada em Deus para te amar, dos meus olhos nasceu... nossa historia de amor.....

Eu além de sua admiradora, me desmonto quando vejo sua constante presença no meu cantinho.

TE AMO!

beeeijOdalua

Sonhadora disse...

Meu querido Manuel

Um lindo poema de amor cheio de ternura...que esses olhos te continuem a olhar por muitos anos.

Beijinho
Sonhadora

Vivian disse...

Bom dia,Manuel!!

Adoro suas visitas!!Muito Obrigada!!
**Mas fiquei preocupada...não fique se a felicidade...não permita que isso aconteça...ela ainda deve estar por ai, escondidinha dentro de você...traga ela de volta. Todo mundo merece sentir a felicidade!!Se quiseres te empresto um pouco...até encontrares a sua...
Mas não fique sem!
Beijos pra ti, com carinho e admiração!
Bom final de semana!!

Luz disse...

Amigo Manuel,
gostei muito deste seu poema, deste seu lado poético que anda aí escondido.
Quando os olhos nos olham é simplesmente mágico, não é preciso dizer mais nada, porque eles conseguem dizer tudo.

Beijinhos