segunda-feira, 11 de julho de 2011

Percurso...




Saltei dos bancos da escola
Para a dureza da vida,
Deixei de lado a sacola,
Ficou a infância esquecida;

Fui poeta, fui cantor
Quanto amei e fui amado!
Fui camponês, lavrador.
Fui herói e fui soldado,

Andei por terras da além,
Sem saber que procurar.
Não encontrava ninguém
Ninguém me queria encontrar;

Por muitos fui esquecido
Nesta luta sem ter fim
Não perdi, nem fui vencido
Nesta existência ruim.

Só tenho o que me sobrou
Da caminhada esquecida,
O pão que o diabo amassou
É o que me resta na vida.

Tantas mulheres que eu amei
Muitas raças muitas cores,
Mas nunca as esquecerei
Diferentes nos seus amores.

Lutei, andei para frente
Nunca me deixei vencer,
Pois sempre tive na mente
Antes quebrar que torcer.

Mas um dia que já passou,
Finalmente fui vencido
Foi tudo, nada ficou
E agora ando perdido.

Perdido para todo o sempre
Por tudo o que me levou,
Ando esquecido entre a gente,
De mim, nada mais restou.

Eu era um crente total,
Até muitas vezes rezava,
Agora por bem ou para o mal
Já não creio em mais nada.


10 comentários:

Gilmara Wolkartt disse...

Linda poesia!
parabéns.
Gd beijo

SDaVeiga disse...

Esquecido... ISSO NUNCA!!!

Boa semana e que creias sempre nos que te querem bem, figurativa e literalmente! :-)

Sonhadora disse...

Meu querido Manuel

Um retalho de vida neste poema sentido...sem mais palavras, apenas senti.
Estou melhorando e feliz por poder visitar os amigos...e tu és especial.
Obrigada por estares sempre presente.

Beijinhos
Rosa

Magia da Inês disse...

ჱܓ
。°✿
Passei apenas para dizer:
Boa noite, amigo!!!
Gosto de sua poesia mas não gosto de te ver tão desconsolado... não faz bem para o seu coração.
Brasil

ჱܓ
。°✿

acácia rubra disse...

Um retrato... um percurso.

Feliz daquele que o pode fazer de si próprio.

Beijo

Jacque disse...

Lindo Poema, amiga Manuel... Gostei muito da foto...

✿ chica disse...

Linda poesia ,cheiiiiiiinha de sentimento!abraços, tudo de bom,chica

Vivian disse...

Olá,Manuel!!

Tem tantos sentimentos nesta poesias!!Alegrias, tristeza, mágoas, desilusões...Tudo faz parte da vida.
Nem todas as lições são boas...
Adorei a poesia!Gosto de como escreve! É uma leitura que instiga e sempre me envolve.
*Mas não perca a fé...deve ter lá seus motivos, mas não desista de reencontrá-la.
Beijos pra ti!!

Janita disse...

Olá Manuel.
Fica-me a sensação da tristeza de uma vida, com momentos bons e muitos outros amargos.
Poesia muito tocante e muito bela.
Parabéns Manuel pelo seu talento e pela forma como descreve bem o seu sentir.
Um beijo.

Janita

Magia da Inês disse...

♥ •˚。
Amigo,
Passei para te deixar um abraço.
Beijinhos, querido.
Brasil
♥ •˚。
°° 。♥。
●/ ♥•˚。˚
/▌
/ \ 。˚。♥