terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Na praia





Eu vi… quando emergistes da onda como deusa das águas, cabelos revoltos em espuma, seios como promontórios de cumes rosados. Figura mágica de beleza que inebria.


 Eu compreendi … os olhos dos homens embalados pelo teu andar. A inveja das mulheres quando caminhavas na areia encharcada. Diva de corpo coleante, sorriso de marfim. 
   

Eu senti …. os teus olhos procurando os meus. Lábios de carmim húmidos de sensualidade, sorriso de Sol radioso. Beijo salgado que adoça a fome dos meus sentidos.


Eu entendi … o chamamento do teu corpo. Doçura de cabeça em descanso na almofada do meu peito. Corpo agitado, olhos ternos, boca ardente.


Eu percebi...o dia acabou a noite vai começar.






15 comentários:

Fatima disse...

Ah Manuel,
que riqueza viu!!!
Bjs.

acácia rubra disse...

Quando ia embalada para saber ais coisas sobre a deusa... acabou.

O Manuel é um mestre nestes textos. Fiquei tão curiosa...

Continue, vá!

Beijo

Parole disse...

Deliciosamente sensual!

Como dizemos aqui..."a noite é uma criança" e tudo pode acontecer...

Um beijo.

✿ chica disse...

Que espetáculo viste e ouviste,Manuel!!abração ainda praiano,.chica

Centelha Luminosa disse...

Enquanto eu lia a tua linda poesia,
eu sentia bem viva a maresia, via as cenas desse seu sentir apaixonado
do seu entender
do seu compreender
do teu perceber uma noite que começava...Ou seja , escreveste uma poesia que me levou a visualizações de forma muito prazerosas!
Lindo demais!

Obrigada pela visita, meu querido amigo, ao SEMENTES PRECIOSAS!
Excelente queinta feira pra nós!
Beijos!

Luís Coelho disse...

Pois ... estas visões são belas demais e começo a pensar...
- Foi do Sol...começou com visões...
coisas destas não são frequentes a meus olhos ...cansados em desatinos... cortes e outrasem que me vejo perdido........

PERSEVERÂNÇA disse...

Eu vi, eu senti, e amei...
Agradeço pela visita,
Bj no seu coração
Nicinha

SOL da Esteva disse...

Manuel

Parece ser incrível que os Sonhos tenham tanta força. Pena que a noite nos faça despertar para o dia.
Assim é, para os Sonhos de verdade, os sonhos em que se está acordado.
Belo, Manuel. É Poema!...

Abraços

SOL
http://acordarsonhando.blogspot.com/

Edilene disse...

Lindo Manoel!
Dá pra imaginar cada cena!
Amei!
bjs

rosa-branca disse...

Eu vi...eu li...eu bebi tão belo poema. Lindo meu amigo. Beijos com carinho

Vivian disse...

Olá,Manuel!!

Nossa!Nem sei o que dizer!
Tão intenso,apaixonado...tão visceral!
Ah!Meu amigo, és um mestre na escrita, já te falei muitas vezes né?!Mas é a mais pura verdade!
Tens minha admiração e meu carinho!
beijos!
Bom final de semana!
*Desculpe a demora,mas andei enrolada!

Magia da Inês disse...

Simplesmente um poema...
Bom fim de semana!
Beijinhos.
Brasil

✿⊱╮
¸.•°`♥✿⊱╮

rosa-branca disse...

Não lhe vou mentir...mas voltei porque adorei o poema e já li e reli tantas vezes...há coisas que não nos cansam...beijos meu amigo com carinho

Sandra Botelho disse...

Que lindeza meu amigo...
Palavras doces e suaves, bjos achocolatados e uma linda semana pra ti

Centelha Luminosa disse...

Se sentiste mesmo a essência do Aromas e Sabores, então valeu a pena tê-lo escrito. A intenção foi essa mesma, a absorção do conteúdo do mesmo, assim, deliciosamente. Ahhh, o dia que inventarem pcs que transmitem aromas dos textos...Hummmmmm....

Obrigada, meu querido, pela presença sempre aguardada por mim.
Beijos aromáticos pra ti...