sábado, 26 de outubro de 2013

Uma questão de nomes








-Bom dia senhor Simão!

-Romão menina! Romão!

-Ai desculpe! Não sabia que o senhor Simão, agora, se chamava Romão!

-Oh mulher que me dá cabo do juízo, eu sou só Romão!

-Pronto não se amofine, já percebi que o senhor Simão é só Romão. Nunca mais me esqueço!

-Tá bem dona Manuela, fiquemos assim!

-Não podemos ficar assim, eu não sou Manuela eu sou Marcela, tal como a minha madrinha que Deus tenha!

-Mas marcela é nome de planta para fazer chá, quem pode ter um nome desses?

-Que graça senhor Simão, será que nome de marido da romã é nome de gente? Romão, onde já se viu!

-Mas está a gozar comigo, desde quando é que romã tem marido?

-Passou a ter desde que o Senhor Simão passou a ser Romão!

-Mas dona Morcela, Romão é um bonito nome!

-Morcela deve ser quem lhe fez esse nariz de pica-pau, eu tenho um nome bem bonito, se não sabe, até lhe digo que há uma santa com o meu nome. Agora não sei se há santo com nome de marido de romã. Não acredito!

-De santos, não percebo nada, mas só por estar a aturar uma melga como você já passou a haver um, que sou eu!

-Com a parvoíce, da sua conversa, já me esqueceu do que vinha fazer!

-Se calhar vinha beber um chá de marcela. Tenho pena, mas não há!

-Ainda bem, é sinal que alguma romã já o bebeu!

-Mas, você, mulher tirou o dia para me atenazar o juízo? Se calhar foi por isso que o seu marido abalou.

-Oiça homem o meu marido não abalou, fui eu que o pus a mexer! Já não dava nada. Agora você, que me conste, nunca teve ninguém para esbugalhar as bagas da romã, se calhar nem bagas dá!

-Isso é o que você pensa, dá bagas e muito mais. Quer experimentar?

-Com a crise que por aí vai, se calhar até não me importo!

-Pois, experimente e não se arrepende!

-Afinal Romão até é um nome bonito. Eu gosto, tem algo de aristocrático.

-É verdade, mas deixe lá que Marcela também é muito belo. Tive uma tia com esse nome e sempre disse que, se um dia tivesse uma filha, seria Marcela!

-Oh Romão! Posso chamar assim? Você é especial, quando entrei vi logo que a gente se ia entender

-Querida Marcela, vamos embora! Para a tua casa ou para a minha?

-Não interessa, vamos para uma depressa, que até me falta o tempo!




17 comentários:

JP disse...

Para nomes aconselho o livro de Saramago.....


Aqui a história era outra.... Continuo deliciado com a descrição que nos deixas aqui sempre.

Abraço

✿ chica disse...

Gostei de ver! Com ou sem nomes certos, no final ,tuuuuuuuuuuuuuuuuudo se ajeitou...e com urgência,rs abração,chica

O tempo das maçãs disse...

Com confusão de nomes ou não, é sempre uma delícia te ler, Manuel.

Adoro passar por aqui, querido.

Beijinho.

Ps: Já que falou em nomes, meu blog mudou de nome.Antes era Parole (lembra?) e agora virou esse que lê no link, mas eu continuo a mesma.rs

© Piedade Araújo Sol disse...

arranjam a confusão, e no fim tudo se compôs....

mas, eu estou a sorrir...e muito!

bom dia!

boa semana.

beijo

:)

Evanir disse...

Desejo a você uma semana de paz e realizaçãoes
semeia amor e carinho no decorrer dessa semana
verá a diferença em sua vida.
È agradavel sermos benevolente com nossa familia
amigos afinal somos todos irmãos.
Podemos escolher entre o bem e o mal
tudo depende de nós.
Eu já deixai tantas mensagens semeando amor
por onde passei nem por isso recebi de todos
os frutos das sementes que plantei.
Uns leram guardaram no fundo do coração
por outros passei despercebida.
Uma certeza eu tenho não passei
despercebida aos olhos de quem
tem amizade verdadeira e muito menos
passei despercebida aos olhos do Pai.
Podemos escolher o que semear ,
mas somos obrigados a colher
aquilo que semeamos.
Plantemos amor colheremos fatalmente
a sonhada felicidade.
Uma abençoada semana de me suas mãos me ajuda a caminhar
o resto é o nada diante de Deus.
Paz e luz , Evanir.


Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Manelamigo (?)

A mim, que desvelada e desinteressadamente tomei a decisão irrevogável de te acolher no meu seio (essa agora?! Seio!? Meu?!?!?! Meu, uma porra!!!! Seio, outra porra!!!!) para que lá carpisses as tuas mágoas, não m'agradeces tu?

A mim não m'agradeces tu
a mim não m'agradeces tu
a panela ao lume e o arroz tá cru

Tá cru deixa-lo cozer
tá cru deixa-lo cozer
dizes mal de mim deixa lá dizer


Ressuscitas e, nem pio. Nem pio, nem ímpio. Textos à maneira, pancadinhas nas costas (quase) ternurentas, paginações fabulásticas, ilustrações à maneira, desvelos carinhosos, até matern...ops, paternais, (primeiro o seio, agora o maternal... Isto éke vai uma puta duma crise...) e, afinal, nem novas, nem mandadas. Mas, à magia da DILA, por certo mulher depravada, destravada, vil e intereceira; e quiçá in quarteira, são só miminhos. Invejo-a com todas as varas, i.e. veras da minh'alma. E a tu - desprezo-te!!!!!

Sou muito desinfeliz. Mas, aprendi a lição, aliás pela Cartilha Maternal do João de Deus e pelo Manual de Berros por Manuel de Barros.

Deixaaaaaa.

Apesar do pesar, abç :-) :-) :-) :-) :-)

Henrique
______
No que concerne a nomes, passo.

Smareis disse...

Olá Manuel,
Feliz por ter ver de volta.
Eu estava em off desde agosto por isso ainda não tinha aparecido por aqui.
Gostei do texto.
Que bom que no final tudo se ajeitou.

Beijos!
Ótima semana!

Smareis disse...

Olá Manuel,
Feliz por ter ver de volta.
Eu estava em off desde agosto por isso ainda não tinha aparecido por aqui.
Gostei do texto.
Que bom que no final tudo se ajeitou.

Beijos!
Ótima semana!

quem és, que fazes aqui? disse...


Quem diria que os nomes nunca seriam a causa?!!

Beijo

Laura

Janita disse...

Ehehehe

Oh, Manuel, aquela conversa que parecia de loucos, sempre teve alguma finalidade.
às vezes...bem acaba o que mal começa! Há que dar a volta ao texto.:)
Gostei!

Um beijinho.

Magia da Inês disse...

kKKKKKKKKK
kKKKKK !!!!
Rachei o bico de tanto rir.


¸.•°✿✿°•.¸

░Ӈ░ƛ░Ƥ░Ƥ░Ƴ░
░Ӈ░ƛ░L░L░O░W░E░E░N░

¸.•°✿✿°•.¸

Evanir disse...

Fico feliz em ver você sempre nas postagens
do meu blog independente de ser
postagens de grandes escritores ou meus
rabiscos escrito de alma e coração.
Por vezes gosto de escrever aquilo ,
que grita meu coração ou aquilo ,
que minha alma grita e meus olhos choram .
A felicidade é um momento um estado da alma,
por vezes estamos com nossos
pensamentos focados em problemas ,
que acabamos perdendo os momentos ,
que seriam de plena felicidade.
Um abraço carinhoso obrigada pela amizade e carinho.
Beijos carinhos,Evanir.

LUZ disse...

Uma questão de nomes foi o título que deu ao seu texto, e o diálogo até está engraçado, mas... ai que eles já não aguentam.

Pois, há gente assim...

Uma excelente noite.

Vivian disse...

Olá, Manuel!!!

Mas que beleza de conto, meu amigo!!!! Adorei sei senso de humor!
Que Bom que voltaste!!!
*Demorei um pouco, mas consegui vir!rs
Beijos e meu carinho!

Magia da Inês disse...

❥°º•.¸

Ótimo mês de novembro!
Bom fim de semana!
Beijinhos do Brasil ❥°º•.¸

Lúcia Bezerra de Paiva disse...

Uma delícia! Que bom, eu ter voltado, tava com saudade. Ri um bocado e adorei o vídeo! Foi tudo tão alegre!
Beijos,
da Lúcia

Sónia DaVeiga disse...

AhAhAh!!!
Andas inspirado!! :-D