sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

Todos os dias parecem iguais .... II Parte

Sem dar por isso, quando reparei já ia a meio da trigésima página. Loucura! Um pequeno conto já estava no tamanho de um novela e se desse azo não tardava seria um romance.
Como sapateiro não deve tocar rabecão, avacalhei tudo e ficou algo mais pequeno, pouco conseguido, que publicarei em três vezes.


Ela bem notava a forma como o Heitor a olhava. Quando passava sentia os seus olhos percorrerem-lhe o corpo numa análise gulosa, sentia um formigueiro na nuca e havia como que um prazer que a invadia, de uma forma tão doce que ficava com vontade de voltar a passar.
Ainda o Amadeu, que Deus levou, era vivo e já ela se apercebia que o Heitor a olhava e lhe falava de uma forma diferente. Havia como que doçura na sua voz e os seus olhos brilhavam de uma forma que a deixava deslumbrada. Reparou, mas pensava que era a maneira de ser cortês, e, se calhar era mesmo assim. Inclinava sempre a cabeça com uma delicadeza a que não estava habituada.
Ainda se lembra daquela vez em que foi comprar uns elásticos para os calções do Ernesto e na altura de pagar reparou que não levava dinheiro. Ficou tão envergonhada que nem teve coragem de o dizer. Saiu a correr para pegar na carteira que ficara esquecida na prateleira onde guardava as bilhas da água. Quando voltou ia corada, como se tivesse cometido um pecado. Quando ele lhe disse:
-Dona Emília que coisa tão grave fez com que fugisse de forma tão apressada?
Se estava corada, ainda mais ficou e apenas lhe saiu
-Senhor Heitor, por amor de Deus, apenas deixei o porta-moedas em casa.
-Mas não valia a pena cansar essas lindas pernas, depois pagava.
Ficou tão constrangida que saiu e deixou o elástico. Teve que pedir à Alzira para o ir buscar.
A partir desse dia sentiu que alguma coisa tinha mudado, e que Amadeu a perdoe, mas o Senhor Heitor passou a fazer parte do seu imaginário.

3 comentários:

Manuel disse...

Como devem ter reparado há uma troca de nomes.
A idade não perdoa.......

Filipinha disse...

No fundo... lá bem no fundo... Todos nós temos um Sr. Heitor na nossa Vida... :D:D:D:

AnaT disse...

Não faz mal... a si tudo se perdoa... tenho que ir ler o resto...