sábado, 14 de maio de 2011

Mulheres!!!!!





O meu telemóvel não costuma tocar tão cedo. Quem poderá ser a esta hora?

-És tu João? Que te deu hoje para seres tão matinal?
Ok, está bem, se precisas falar comigo lá estarei. No café as 3 horas. Está certo?

Pontualmente às 3 horas o João entrou com um ar diferente do habitual. O sorriso pronto estava transformado num esgar tão triste que era confrangedor. Aquele olhar vivo que nos contagiava não era mais que uma pálida imagem de desalento.

-Que se passa João, nunca te vi assim tão em baixo. Olhou-me com um sorriso amargurado e foi-se sentando à minha frente.

-Sabes Eduardo a minha vida mudou, penso que a Susana me anda a enganar com alguém.

Senti um baque e de certo que o meu rosto mudou de cor.

-Porque dizes isso João? Tens alguma coisa que te leve a pensar assim?

-É o comportamento. Não é a mesma, evita-me e quando a procuro está sempre cansada. Está diferente.

-Se calhar está mesmo cansada, não comeces a arranjar um filme na tua cabeça.

-Não Eduardo conheço a minha mulher. Há qualquer coisa. Ou tem outra pessoa ou, então, já não gosta de mim.
Vim falar contigo, és nosso amigo e a Susana tem muita confiança em ti e ouve muito bem o que lhe dizes. Fala com ela e tenta saber o que se passa. Sabes que eu faço tudo para a fazer feliz. Vá lá fala com ela. Fazes esse favor ao teu amigo?

Como entrou saiu, ombros caídos e parecendo arrastar o peso do mundo.

Peguei no telemóvel para ligar á Susana, mas não sabia bem como começar a conversa. O assunto era delicado e eu não estava muito á vontade.
Mas tinha que ser!

-Olá Susana, Estás só? Não, não é isso. É grave, é muito grave mesmo. O João anda desconfiado contigo, não nos podemos encontrar mais. Foi bom e vou ter muitas saudades tuas, mas temos que nos afastar. Vá, volta a conquistar o teu marido.

Desliguei, assobiei baixinho a malagueña e segui o meu caminho.

Mulheres!!!


11 comentários:

Magia da Inês disse...

Isso é que é amigo!!!
Que amigo da onça, hem???
Beijinhos.
°º♫
°º✿ Brasil
º° ✿♥ ♫° ·.

acácia rubra disse...

Ora, eu diria Homens!!!

Bom fim de semana.

Beijo

Kimbanda disse...

Olá estimado amigo Manuel.

Dá que pensar!!!

Eram amigos?

A vida para alguns como o Eduardo, é uma sustentável leveza de (assim) ser.

Feliz f.d.s. e meu kandando amigo

SDaVeiga disse...

Amigo da onça!!!
Ainda por cima daqueles "homens" que foge com o cú à seringa!
Ficariam mais bem servidos ficando os 2 longe deles, mas só se conversarem. Pode ser que marido e mulher se re-unam e abram as almas e, nessa altura, esse morcão emigre para bem longe! Fico à espera dos próximos capítulos! ;-)

Jacque disse...

Obrigada pela visita !


Beijo

Vivian disse...

Bom dia,Manuel!!

Mas que terrível!!!Falta caráter, virtudes!!
Gosto como escreves, ainda vou pegar uma fase feliz sua...com finais mais felizes...
Sabes que ainda penso no Diogo???Não me sai da cabeça aquela história, bem que ele merecia uma chance de ser feliz...
**Muito obrigada pelo apoio!!!
Me deixa muito contente!
*Sei que nem sempre dá tudo certo...mas desistir de melhorar de ser feliz...não!!!Acreditar sempre.
Beijos pra ti!
Com carinho e admiração!

AFRICA EM POESIA disse...

Hoje
Venho expressamente deixar um beijo e agradecer o carinho pelo aniversário do Zé António


BEIJO

Ludmila Ferreira disse...

Fiquei meio na duvida... amigos?

Que amizade estranha, se é que se pode chamar isso de amizade.
Ainda sim adorei o texto

beeeijOdalua!

Janita disse...

Olá Manuel.
Pobre Eduardo!
Quando um dia descobrir...nunca mais vai confiar em ninguém.
Que pena!
Mas de quem eu tenho dó mesmo é do João e da Susana...
Bjo.
Janita

Sonhadora disse...

Meu querido Manuel

Com amigos desses...ninguém precisa de inimigos, como sempre pedaços de tempo real nos teus textos.

Deixo o meu beijinho
Sonhadora

Menina do cantinho disse...

Não faltam amigos por aí como o Eduardo... E quantos de nós teremos amigos assim e também ainda não descobrimos?

Beijinhos
Parabéns por mais um belo texto.