domingo, 3 de julho de 2011

Olhos negros……




Estavam ao meu lado os olhos mais negros que jamais me tinham fitado.

Corpo esguio, cabelos desgrenhados pela sujidade acumulada, rosto magro e
vincado pelos infortúnios do dia-a-dia.

Não tinha mais que oito anos mas parecia arrastar em si a decadência
de uma geração.

Mirava-me do fundo daqueles fundos lagos de escuridão com uma súplica
nos lábios gretados.
Na mão estendida a caixa de pensos rápidos, no rosto a tristeza vincada
por muitos medos que um sorriso triste não conseguia disfarçar.

Olhei fascinado para o mundo de tristeza e desespero que aquele olhar
deixava aperceber.

A custo uma cansada voz, deixou o pedido:

-Compre senhor!

Fiquei fascinado pelo sumido grito de desespero, pela reza do apelo.

Os olhos negros, profundos, presos na montra dos doces e a mão
estendida com a súplica na voz entoavam no mundo vazio que me rodeava.

-Queres um bolo? Perguntei para quebrar o drama de uma vida e disfarçar
a vergonha que de mim se apoderou.

Estendeu um magro dedo e apontou.

Agarrou e com um sorriso cinzento arrastou o corpo esquálido para o Sol que
lá fora, continuava a brilhar.

Deixei o donut, larguei o café e sai envergonhado por andar indiferente ou
não querer ver os dramas escondidos à vista de todos.


15 comentários:

Magia da Inês disse...

ჱܓOlá, amigo!
。°✿

O seu texto é uma agulhada na alma.

Bom domingo!
Beijinhos.
Brasil

✿✿♪

♫° 。✿✿ჱܓ

Flor de Lótus disse...

As vezes a gente anda tão distraido, tão alheio a tudo e a todos que não percebe o outro, que não para para lhe dar um pouco de carinho e atenção...
Beijosss

acácia rubra disse...

Manuel

Disse muito bem - envergonhado. Também me sinto assim sempre que sou abordada por crianças.

E a nossa impotência, perante um Estado que permite a pobreza e a mendicidade, amargura .

É bom tê-lo de volta.

Beijo

Evanir disse...

Um linda semana
Sonhos realizados.
Paz saúde e acima de tudo fé
para mais uma semana.
Anjo ,,tudo que desejo a você
é uma semana de muito carinho
e que você possa viver com muito amor.
Caso estiver com um grande problema
ou muito triste .
Creia voCê nunca estará só
tem alguem que te guarda
de todos os males.
E você tem a mim que amo você.
beijos e muito carinho,Evanir

AFRICA EM POESIA disse...

Manuel
Lindo os teus olhos negros.
Um momento que muita gente olha sem ver ...
Um beijinho para ti


..................

Fui e vim a correr pois tenho que fazer muito trabalho ,
Tenho livro de contos,Era uma vez para acabar
é para cerca de 10 euros. diz.me se queres algum
beijos

✿ chica disse...

Tocante teu texto...São tantas coisas que vemos e não gostaríamos de ter que ver,não é? abraços,linda semana!chica

Smareis disse...

Amigo, seu texto é muito profundo que toca a alma de quem ler. As vezes não percebendo pessoas que precisa só um pouco de atenção. Belo texto. Um abraço, e ótimo começo de semana.

MARILENE disse...

Além da tristeza que sentimos, vem a revolta por essa falta de condições de uma vida digna para todos.

Vivian disse...

Bom dia,Manuel!!

É tão triste quando nos deparamos, principalmente quando são crianças,com pessoas que vivem à margem da sociedade...
Por isso devemos sempre procurar fazer nossa parte, auxiliar sempre que possível, seja com roupas, comidas, ou com um pouco de atenção, pois não são só de coisas materiais que se tem necessidade, a necessidade maior as vezes é sentir-se alguém...
Belíssimo texto,não vamos nos envergonhar, façamos algo.Mesmo o pouco que pudermos fazer, pode ser muito para quem precisa...
**Que bom que esta de volta!!Sinto sua falta!Beijos!
Minha filha faz 4 anos hoje!!!E me sensibiliza demais ver os pequenos,passando dificuldades...tem tantos...

SOL da Esteva disse...

Manuel

Eu continuo envergonhado por tantos olhos negros, imensos, que povoam as ruas e a nossa Alma.
O teu texto é um grito, que desejava fosse ouvido pelas gentes que se cruzam sem se ver.
Bem hajas.

Abraços

SOL da Esteva
http://acordarsonhando.blogspot.com/

AFRICA EM POESIA disse...

Penso que deixei mensagem...

.....................

Para ti...

COMO FAZER PARA VIVER


A vida é um encontro e desencontro
De coisas lindas e feias
De risos e de lágrimas
De dor e alegria
De sofrimento e felicidade.

A vida é isto e muito mais
E mesmo com o ser e não ser
Muitas vezes temos que esperar
Para que passe o mal e fique o bem.

E mesmo depois de muito cansaço
Procuramos a tábua de salvação
Vamos agarrá-la com as duas mãos
Para que a vida seja salvação..

LILI LARANJO



Dentro de 1/2 meses ou mais editarei livro de contos infantis (Era uma vez)

se quiser que guarde um diga-me
beijos

Sandra Botelho disse...

Passamos pela vida tão rapidamente, que nos esquecemos de que existe um proximo gritando por um pouquinho de nossa atenção.beijos achocolatados
Seu texto nos faz pensar,

Janita disse...

Olá Manuel.
A vergonha que todos nós sentimos quando a mendicidade infantil suja e faminta, tanto de pão como de amor, se nos depara, é a vergonha de fazermos parte de um povo cujo governo não consegue dar um vida condigna aos seus cidadãos.
Infelizmente até nos países chamados desenvolvidos a miséria alastra.
Idosos e crianças são cada vez mais relegados ao abandono. Uma tristeza!
Um abraço Manuel, agradeço o seu carinho no meu cantinho.
Janita

Evanir disse...

Querido Amiga tenho deixado de visitar muito gente .
E fico triste demais pois meu carinho por voces é verdadeiro.
Mais não ando muito bem.
Um beijo no coração,Evanir.

Menina do cantinho disse...

Caro Manuel, também sinto essa vergonha. Mas entristece-me ainda mais pensar que muitos pais dessas crianças aproveitam os filhos para levarem esse tipo de vida. Elas mereciam melhor.

Por vezes os olhos iluminam-se só por lhes sorrirmos. Parte-me o coração.

Beijinhos

Obrigada pelos parabéns e pela visita ao novo espaço. Já agora, peço que deixe o você de lado e me trate por tu :)